hare krishna hare krishna krishna krishna hare hare hare rama hare rama rama rama hare hare

Todas as Glórias a Sri Guru e Sri Gauranga

Nitai Gaura Hari Bol

 

São Paulo, 12 de novembro de 2006 

Só para esclarecer as confusões por aí. Aproveito para tentar deixar um pouco mais clara a parte de auto-ajuda desta página.

"É pecado ganhar dinheiro"

Tem a parte que falo sobre Kali Maharaj e sua forte influência demoníaca nesta era em que vivemos. Não vamos confundir as coisas.

Na real, Krishna é muito bom, Ele quer o nosso bem mesmo. Ao mesmo tempo. Ele é a fonte de toda a Fortuna, não só a fonte, mas o Dono também. O Brahma-samhita afirma que Krishna é servido com muito carinho e dedicação por centenas de milhões de deusas da fortuna. E Ele quer o nosso bem mesmo, tanto que vem aqui em pessoa para nos instruir, e também manda Seus missionários divinos para nos salvar. O Bhagavad-gita é o primeiro e melhor "Livro" de auto-ajuda que existe. Nele, Krishna ensina todos os segredos da vida, como podemos alcançar a verdadeira prosperidade, a verdadeira fortuna, fartura e opulência neste mundo, bem como a verdadeira paz e felicidade, ou seja, como podemos elevar a nossa vida ao plano divino. Lá, o chão é feito de cintamani (pedra-filosofal), as árvores são kalpa-vriksha (satisfazem todos desejos), cada palavra é uma canção, cada passo é uma dança, e assim por diante.

Não tem essa de miséria. Krishna mesmo promete no Capítulo Nove:

22. "Mas quem Me adora com devoção, medita sem desvio em Minha forma transcendental, Eu mesmo provenho o que lhe faz falta e preservo o que ele possui".

Eu também falo sobre minha vida de monge só por ilustração, foi algo que aconteceu, foi uma opção de vida minha. Não é que todo mundo tem que ser monge também, não tem nada a ver. Deixei de ser monge há muito tempo, sempre tentei trabalhar honestamente e criei meus três filhos. Claro que cometi erros e enganos como todo mundo, mas tento me arrepender dos erros e melhorar. Quem fica parado é burro empacado. Como o próprio Prabhupada ensinou: "Fique no conforto da sua casa e apenas cante Hare Krishna".

Se purificarmos o nosso coração dos desejos demoníacos egoístas de lucro e exploração da matéria, poderemos encontrar o caminho para essa verdadeira prosperidade como Krishna ensina em pessoa no Gita:

Capítulo 3

8. Execute seu dever prescrito, pois a ação é melhor que a inação. Sem o trabalho, a pessoa nem sequer pode manter seu corpo físico.

9. O trabalho deve ser executado como um sacrifício a Deus (Vishnu), de outro modo, o trabalho ata a pessoa a este mundo material. Portanto, ó Arjuna (filho de Kunti), execute seus deveres prescritos para a satisfação Dele, e dessa forma, sempre permanecerá desapegado e livre do cativeiro.

10. No princípio da criação, o Senhor de todas as criaturas manifestou gerações de homens e semideuses junto com sacrifícios para Vishnu, e os abençoou ao dizer: "Sejam felizes com este sacrifício, porque sua realização proporcionará a vocês todas as coisas desejáveis".

11. Os semideuses satisfeitos com os sacrifícios, também os satisfarão. Dessa forma, com a nutrição recíproca, reinará a máxima prosperidade para todos.

12. Os semideuses que estão a cargo das diversas necessidades da vida, ao estarem satisfeitos com a execução do sacrifício, abastecem os seres vivos com tudo o que necessitam. Mas aquele que aproveita esses dons sem oferecê-los de volta aos semideuses, certamente é um ladrão.

13. Os devotos do Senhor se liberam de toda classe de pecados porque comem alimentos que se oferece primeiro em sacrifício. Os demais, que preparam alimentos para o seu próprio prazer dos sentidos, na verdade comem somente pecados.

14. Todos os corpos vivos subsistem de grãos alimentícios, que se produzem das chuvas. As chuvas se produzem pela execução de sacrifício, e o sacrifício nasce dos deveres prescritos.

15. Nos Vedas se prescrevem atividades reguladas, e os Vedas se manifestam diretamente da Suprema Personalidade de Deus. Em conseqüência, a transcendência todo-penetrante se situa eternamente nos atos de sacrifício.

16. Meu querido Arjuna, a pessoa que não segue o sistema de sacrifício prescrito nos Vedas, leva na verdade uma vida de pecado, porque aquele que se deleita unicamente nos sentidos, vive em vão.

17. No entanto, não há dever para aquele que se deleita no eu, que está iluminado no eu, que se regozija e que, plenamente saciado, se satisfaz unicamente no eu.

18. A pessoa auto-realizada não tem nenhum propósito para satisfazer enquanto desempenha seus deveres prescritos, nem tem algum motivo para deixar de executar tal trabalho, nem tem necessidade de depender de nenhum outro ser vivo.

19. Portanto, a pessoa deve atuar como uma questão de dever, sem se apegar aos frutos das atividades, porque se trabalhar sem apego, a pessoa alcança o Supremo.

 

Bom, vocês sabem que o sacrifício desta era é Sri Krishna Sankirtanam, cantar os Santos Nomes do Senhor:

Hare Krishna Hare Krishna
Krishna Krishna Hare Hare
Hare Rama Hare Rama
Rama Rama Hare Hare

É bem simples.... Não quero mencionar os ensinamentos do Nosso Senhor Jesus Cristo, também deixo bem claro que adoro o Senhor Jesus Cristo como Gurudev, foi ele quem me levou a seus companheiros eternos, aos pés de lótus de Prabhupada. Como Prabhupada nos ensinou, "Cristo, Kristhus, Krishna". Bhaktivinoda Thakur também adorava o Senhor Jesus Cristo, e estudou seus ensinamentos a fundo.

Não precisamos apelar para a ignorância a fim de ganhar dinheiro, Krishna já revelou todos segredos. É aquele lance... "o Senhor é meu pastor, e nada vai me faltar". O Próprio Jesus veio como pobre: "Meu Reino não é deste mundo"... "A César o que é de César, e a Deus o que é de Deus".. "Nem só de pão vive o homem, mas de toda Palavra que vem da Boca de Deus"...

Ele também disse que é mais fácil um camelo passar pelo buraco de uma agulha do que um rico entrar no Reino de Deus. Por que será? A opulência material traz o poder material, em conseqüência, a pessoa sofre uma grande propensão a desenvolver qualidades demoníacas, a partir do orgulho, e em seguida, arrogância, convencimento, aspereza, avareza, mesquinhez, e assim por diante. Estamos aqui neste mundo porque queremos ser Deus. A opulência material traz esse perigo.

Mas é tudo questão de bom senso. Como Krishna, o Doce Senhor, explica no Gita, temos que entender quem somos, por que estamos neste mundo. Devemos nos dedicar à evolução subjetiva da consciência, e dedicar nosso trabalho ao Senhor com amor, e em conseqüência, à toda Sua Criação. A Natureza Material se divide em duas forças antagônicas, a Natureza Divina, e a Natureza Demoníaca. O ser que vem para este mundo, vem por sua livre e espontânea vontade, é a liberdade total que o Doce Senhor nos dá, e esse ser pode cultivar o lado que desejar com toda a liberdade. Outro Nome santificado do nosso Doce Senhor é Govinda, significa Aquele que satisfaz todos os desejos. Deus é tão bom, que nos dá liberdade total para vivermos independentes e afastados Dele, e ainda satisfaz todos os nossos desejos, claro, conforme o nosso mérito.

A própria mensagem do Gita é o contrário dessas afirmações preconceituosas, e é a Palavra de Deus ao vivo e em cores, vem direto da boca-de-lótus do nosso Doce Senhor em pessoa. Até o nosso grande filósofo, poeta e mahatma Raul Seixas fez um disco dedicado ao Bhagavad-gita, com aquelas canções maravilhosas, que servem de excelente auto-ajuda para qualquer um que as ouça, até hoje. Precisamos entender que tudo acontece pela Vontade de Deus, pela Vontade Suprema de Krishna, que está dentro de cada átomo, e dentro do coração de todos os seres, tanto nesta Manifestação Cósmica, como em Seu Reino Divino transcendental, eterno, ilimitado, perfeito, pleno de todas opulências, bondade pura, toda boa-ventura, toda bem-aventurança, e pleno de todo Amor Divino.

E claro, livre do pecado. As pessoas de hoje têm medo de certas palavras, como "pecado" por exemplo. Elas têm medo do inferno e do sofrimento. Eu aviso desde o começo que a Verdade pode doer às vezes, mas ao mesmo tempo é Néctar. Krishna explica isso tudo muito bem no Gita, mas quem precisar de um reforço, nós temos a graça de ter grandes reforços, nosso amado tataravô divino, Srila Bhaktivinoda Thakur, explica muito bem sobre ações beneficentes e pecaminosas em seu maravilhoso Sri Chaitanya Shikshamritam. O Gita foi feito para ser ouvido e lido todo Santo dia da vida. Esses Livros não são livros. São Shabda-Brahman, o Som Divino, a Palavra de Deus, o Som que vem da Boca-de-lótus do Doce Senhor. O nosso Doce Senhor nos garante no final do Gita, na essência do Gita (Capítulo Dezoito):

64. Já que é Meu muito querido amigo, Eu conto para você a parte mais confidencial do conhecimento. Ouça isto de Mim, pois é para o seu benefício.

65. Pense sempre em Mim e se converta em Meu devoto. Adore-Me e Me ofereça reverências. Assim, sem dúvida, virá a Mim. Eu lhe prometo isto porque você é Meu muito querido amigo.

66. Abandone todas as variedades de religião e somente se renda a Mim. Eu o liberarei de toda reação pecaminosa. Não tema.

67. Este conhecimento confidencial não pode ser explicado aos que não são austeros, nem aos não devotos, nem os não dedicados ao serviço devocional, nem àqueles que Me invejam.

A gente não tem que ter medo de nada. Krishna está no nosso coração, e é o nosso verdadeiro "anjo da guarda". Krishna é o nosso real, verdadeiro e eterno Guardião, Amigo, Benquerente, Mestre, Amante e Senhor adorado, acho que não preciso ficar citando o Bhagavad-gita inteiro aqui, é melhor lê-Lo mesmo. Até mesmo quando a gente morre, quando tudo fica para trás, o corpo, o dinheiro, o patrimônio, a família, os amigos e tudo mais, é só Ele quem continua sempre com a gente. O verdadeiro segredo da vida nos é revelado com muito amor, misericórdia, clemência e carinho pelo nosso Doce Senhor em pessoa, no Gita, Ele tem o poder de limpar os nossos pecados, só Ele tem esse poder. E Ele promete: "Renda-se a Mim, aceite a Minha proteção. Eu vou lhe proteger, Eu vou limpar todos os seus pecados, não tenha medo. Eu sou seu Amigo querido, Eu gosto muito de você, não tema". No Capítulo Nove, Ele também diz:

raja-vidya raja-guhyam
pavitram idam uttamam
pratyaksavagamam dharmyam
su-sukham kartum avyayam

1. O Senhor Supremo disse: Meu querido Arjuna, porque você não Me inveja, Eu transmito a você esta sabedoria que é a mais secreta, e ao conhecê-la se aliviará das misérias da existência material.

2. Este conhecimento é o rei da educação, o mais secreto de todos os segredos. É o conhecimento mais puro, e porque dá a percepção direta do eu mediante a iluminação, é a perfeição da religião. É eterno e se realiza alegremente.

 

Vamos nessa, entrar no Reino de Deus, mesmo agora, pela Graça de Prabhupada e todos os nossos Mestres Divinos.

O preconceito nos faz ficar desprovidos do Néctar, e automaticamente, da verdade, da prosperidade, da fortuna, da opulência, da felicidade e da paz, e nos encobre com a ignorância, ilusão e miséria desta natureza material.

Agradeço aos nobres leitores e leitoras, e qualquer outra confusão do tipo, estamos aqui para esclarecer. (Espero que esteja claro).

Como nosso amado Prabhupada deu o exemplo, podemos usar a energia elétrica, que vem do elemento fogo, para duas coisas opostas. Podemos usar a energia elétrica tanto para aquecer quanto para esfriar. São duas ações opostas com a mesma energia. Tudo vem de Deus, tudo é energia de Deus, tudo pertence a Deus, Ele é o dono de tudo, pois é o Criador, como está no primeiro verso do Brahma-Samhita:

isvarah paramah krsnah
sac-cid-ananda-vigrahah
anadir adir govindah
sarva-karana-karanam

"Krishna, conhecido como Govinda, é a Suprema Personalidade de Deus. Ele tem um corpo transcendental, eterno, perfeito, onipotente, onisciente, onipresente e bem-aventurado. Ele é a origem de tudo. Ele não tem nenhuma origem, e Ele é a causa primordial de todas as causas".

Portanto, mesmo este mundo em que vivemos, nosso corpo, o ar que respiramos, a água que bebemos, o Sol que nos aquece e ilumina, os alimentos que a Mãe Terra nos dá, tudo pertence a Ele. E Ele é tão bom que nos deixa até brincar com toda Sua opulência e toda a Sua fortuna até afastados Dele, até esquecidos Dele. Ele é tão bom que até faz esquecê-Lo completamente quem quer esquecê-Lo completamente, e quer tentar brincar de ser o "deus".

O problema é que aqui têm trilhões de outros que também querem ser o "deus" E aqui, somos responsáveis por nossas ações, é muito complicado mesmo. Temos que aprender a usar corretamente a Energia do Senhor. Se usamos para fins demoníacos, vai ser pecado mesmo e vamos sofrer as conseqüências mesmo. Fazer o quê? A Mãe Natureza tem essa missão cruel. Deus castiga não porque é cruel, mau e sádico, Ele castiga porque nos ama muito, Ele nos vê caminhar para nossa própria destruição, e nossa ilusão e ignorância chega a tal ponto que temos que sofrer para aprender mesmo, fazer o quê? O ser humano condicionado preso na Energia Material do Senhor chega a estágios profundos de ignorância e tendência demoníaca. Krishna explica tudo isso também no Gita.

Não é pecado ganhar dinheiro não. A Fortuna é uma das opulências divinas. A Fortuna se personaliza na Deusa da Fortuna, Sri Lakshimi, que é uma Devota Eterna querida do Senhor. O Senhor Govinda é servido por centenas de milhões de Lakshimis com muita dedicação e carinho em Seu Reino Divino. Até com isso Ele deixa a gente brincar, não é? E tem gente que ainda reclama. Só que um dos apelidos de Lakshimi é Chanchala, quer dizer "muito instável", Ela fica pouco tempo. Mesmo um cara como o Bill Gates, que obteve a graça de Lakshimi, vai morrer um dia, sei lá, daqui a uns 50 anos vai ser difícil ele estar vivo ainda, e vai deixar toda a fortuna aí, não é? Mesmo o rei Salomão morreu e deixou toda a fortuna aí.

Sem querer usar os Ensinamentos do nosso Senhor Jesus Cristo mas já usando, por que vocês acham que Ele contou aquela história do filho pródigo? Nós somos esse filho pródigo. Esse filho que quis se afastar do pai e ao mesmo tempo usar a fortuna do pai, até "torrar" tudo. Ainda bem que esse "pai" tem muito dinheiro mesmo, ainda bem que Ele tem uma Fortuna ilimitada, não acham? Para a nossa sorte. E ainda bem que Ele manda Seus Companheiros Eternos como o nosso Senhor Jesus Cristo, como Srila Prabhupada, e tantos outros. E por incrível que pareça, a força desta Energia Ilusória do Senhor é tamanha, que as pessoas acham ruim, e até tentam estragar, arruinar e até assassinam Esses Santos Divinos que Ele manda para abrir nossos olhos e nos salvar. Sei lá, né? Seja honesto consigo mesmo, de que adianta se enganar e se iludir? Será que essa sociedade capitalista selvagem e demoníaca que a gente vive é tão boa assim? Será que é isso mesmo que a indústria do consumismo pinta e borda para todos? Como as novelas da Globo, ou o Jornal Nacional? Será que o mundo desse regime capitalista é tão bom assim mesmo? O Capitalismo é o regime que começa com a negação de Deus, é o regime que se baseia na exploração e destruição inconseqüente imediata, é o regime que destrói e humilha o ser humano em prol da Instituição do Capital. Sei lá? Vamos ser honestos. Vocês esqueceram que pessoas eram escravizadas e mortas em nome de Deus, em nome de religião, em nome do Capital até poucos anos atrás, aqui no Brasil, nos Estados Unidos e muitos outros países capitalistas, ricos e moralistas. Aqueles que vão na Igreja pedir dinheiro para Deus, pedir poder para Deus, pedir para Deus livrá-lo do medo, pedir para Deus destruir seus inimigos, não é assim? Se quer achar pêlo em ovo, vai achar mesmo. Para criticar algo, é preciso pelo menos conhecer esse algo. Criticar algo que não conhece e nem faz idéia é preconceito, estupidez e ignorância.

Ninguém precisa ter medo de Kali Maharaj. Ele não passa de um instrumento de Krishna. A Era Dourada de Mahaprabhu já começou mesmo. Por isso que Kali Maharaj está pegando tão pesado, ele sabe que seu império está chegando ao fim.

"Que haja rendição ao Senhor Krishna"!

Dedico este artigo a um grande amigo que sonha em comprar uma Mercedez-benz. Desejo que você trabalhe com amor pelo nosso Doce Senhor, e obtenha a Graça da Deusa da Fortuna, pela Graça de seu Doce Senhor, Sri Krishna. Mas vê se faz seguro dessa vez.

Hare Krishna, Hare Rama

Nitai Gaura Hari Bol

Jaya Prabhupada

 

 

Índice do Bhagavad-gita

Índice de Livros

Desde 18/julho/2000

(Última Edição: 21-mai-2016 )

home

+Visvavandya Dasa "É pecado ganhar dinheiro"